Linus Torvalds fala sobre o Linux 5.11, e se diz um 'velho louco'


Linus Torvalds fala sobre o Linux 5.11, e se diz um 'velho louco'

Neste final de semana, Linus Torvalds, o desenvolvedor do sistema operacional de código aberto Linux, lançou mais uma atualização da versão 5.11, a terceira desde que lançou o kernel 5.11-rc1 no domingo logo depois do Natal passado.

Ninguém pode negar que Linus Torvalds é uma lenda dentro da comunidade open source, não apenas pela forma como manteve seus princípios sob a forma de um projeto gigantesco, mas também pelo jeito sarcástico, ofensivo e até mesmo abusivo como lidera os seus desenvolvedores espalhados pelo mundo.

Isso não foi diferente, quando o finlandês lançou, no primeiro dia útil deste ano (4), o Linux 5.11-rc2, que veio propositalmente reduzido, pois, segundo Torvalds em um comunicado, “algumas pessoas ainda estão de férias ou em um coma alimentar prolongado” devido às festas do final de ano.

No entanto, parece que o chefão do Linux quebrou a cara, e acabou reconhecendo que sua decisão de que o desenvolvimento do kernel 5.11 demandaria uma versão extra para absorver o temido impacto do feriado “foi simplesmente errada”. Sem perder o sarcasmo, ele o dirigiu a si mesmo, dizendo tratar-se de “divagações incoerentes de um velho louco”.

Enquanto isso, no mundo adulto, o Linux 5.11-rc3 chegou, e bem maior do que a média, levando Torvalds a admitir que isso ocorreu devido a “algumas correções reprimidas”, principalmente pelo fato de aquele rc2 ser tão minúsculo.

No comunicado, Torvalds observa que as mudanças no lançamento são bastante normais. Ele explica que cerca de metade do patch rc3 é constituído por drivers, com atualizações de autoteste (principalmente kvm e netfilter), “sendo outros 15% saudáveis”.

Portanto, é de se esperar que o Linux 5.11 siga seu curso normal, e que esteja pronto para o lançamento final planejado para meados de fevereiro. A não ser que o “velho louco” ataque novamente o desenvolvimento de sua brilhante, duradoura e importante criação.

Fonte: Tech Radar por TecMundo

comments powered by Disqus