Pentágono confirma que vídeo vazado é parte de investigação sobre OVNIs


Pentágono confirma que vídeo vazado é parte de investigação sobre OVNIs

O Pentágono conformou a veracidade de um vídeo vazado para o documentarista Jeremy Corbell em que aparece algo parecido com OVNIs. Nas imagens, é possível ver os objetos não identificados pululando acima de um navio de guerra da Marinha dos EUA.

“Posso confirmar que as fotos e vídeos mencionados foram feitos por pessoal da Marinha”, declarou a porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Sue Gough, ao portal de ciência e tecnologia Futurism.

O Pentágono conformou a veracidade de um vídeo vazado para o documentarista Jeremy Corbell em que aparece algo parecido com OVNIs. Nas imagens, é possível ver os objetos não identificados pululando acima de um navio de guerra da Marinha dos EUA.

“Posso confirmar que as fotos e vídeos mencionados foram feitos por pessoal da Marinha”, declarou a porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Sue Gough, ao portal de ciência e tecnologia Futurism. publicidade

Em um clipe de apenas 18 segundos feito com o que parece um dispositivo de visão noturna, alguns objetos triangulares brilham sobre o convés do contratorpedeiro USS Russell. Segundo Corbell, os objetos foram descritos como veículos, mas não são parecidos com aviões, helicópteros ou drones, principalmente por seu formato triangular, que não é eficiente do ponto de vista aerodinâmico.

Segundo o documentarista, o vídeo foi capturado em julho de 2019 na costa do Sul da Califórnia. Inicialmente, os objetos foram descritos como drones, mas a descrição foi alterada posteriormente.

Segundo o Mistery Wire, o vídeo faz parte de uma série de fotografias e vídeos obtidos pela Força-Tarefa de Objetivos Voadores Não Identificados (UAPTF), um grupo mobilizado pelo Departamento de Defesa que já confirmou estar investigando este e outros eventos parecidos.

“A UAPTF incluiu esses incidentes em seus exames em andamento”, declarou Gough. “Como dissemos antes, para manter a segurança das operações e evitar a divulgação de informações que possam ser úteis a adversários, o Departamento de Defesa não discute publicamente os detalhes das observações ou dos exames de incursões”.

Possível explicação

O youtuber Mick West fez um vídeo resposta com uma possível explicação para o ocorrido. Segundo ele, o vídeo foi gravado com um smartphone por meio de um monóculo de visão noturna, que pode ter capturado apenas uma aeronave normal, mas que um efeito óptico fez que suas luzes parecessem triângulos ou pirâmides.

West defende que as luzes piscam em um intervalo parecido com o das luzes de segurança de um avião comercial. No entanto, existe um furo na teoria do youtuber, não existe nenhuma luneta de visão noturna com abertura triangular para criar esse efeito. Mas ele diz que alguns militares criam aberturas diferentes com fita adesiva e, essa em particular, pode ter ficado triangular.

Via: Futurism por Olhar Digital

comments powered by Disqus