267 milhões de contas do Facebook são vendidas na Dark Web por R$ 2.500,00


267 milhões de contas do Facebook são vendidas na Dark Web por R$ 2.500,00

Os hackers estão vendendo mais de 267 milhões de perfis do Facebook em sites obscuros e em outros fóruns de hackers por apenas 541 dólares, o equivalente em reais seria aproximadamente R$ 2.500,00, de acordo com o relatório da Cyble.

Os dados incluem tudo, desde endereços de email, nomes, números de telefone, IDs do Facebook, datas de nascimento, idade e muito mais. Felizmente, não incluiu senhas. Ainda assim, as informações são suficientes para configurar campanhas de phishing e outras fraudes online.

Receba novidades por e-mail!

Cyble disse à Bleeping Computer que seus pesquisadores estão verificando os dados e adicionando-os ao serviço de notificação de violações. Eles ainda precisam identificar como os dados vazaram; no entanto, Cyble acredita que “pode ser devido a um vazamento na API de terceiros ou a sucateamento”.

Curiosamente, o pesquisador de segurança Bob Diachenko, juntamente com a Comparitech, descobriu uma violação de dados semelhante no Facebook em dezembro. O banco de dados incluía o mesmo número de contas do Facebook; no entanto, os registros continham apenas nomes, números de telefone e IDs do Facebook.

O banco de dados acabou sendo desativado quando Bob entrou em contato com o ISP que estava hospedando. Mas logo depois, outro servidor apareceu on-line com mais 42 milhões de contas no Facebook. Desta vez, foi derrotado por um hacker que deixou uma mensagem pedindo aos usuários para proteger seus servidores.

Receba novidades por e-mail!

É difícil saber se os registros da última violação de dados do Facebook são iguais ou diferentes dos registros descobertos por Bob. Seja qual for o caso, o importante é notar que os detalhes de muitos perfis do Facebook ainda podem estar na posse de atores mal-intencionados.

Se você está preocupado com a questão de saber se o seu perfil foi parte da violação de dados do Facebook, redefina sua senha para ficar tranquilo.

O Facebook não é o único envolvido em uma violação de dados este mês. A popular ferramenta de videoconferência Zoom também viu algo semelhante; cerca de 500.000 contas Zoom foram vendidas na Dark Web.

Via: FOSSBYTES

comments powered by Disqus