Colombiana vai aos EUA com US$ 300, vira faxineira e hoje é engenheira da Nasa


Colombiana vai aos EUA com US$ 300, vira faxineira e hoje é engenheira da Nasa

A colombiana Diana Trijillo sempre foi apaixonada por ciência. Quando completou 17 anos, seu pai sugeriu que ela fosse estudar nos Estados Unidos, em busca de melhores oportunidades de vida. Com apenas US$ 300 no bolso, ela partiu em busca de seu sonho.

Morando em Miami, fez faxinas para bancar seus estudos de inglês e, mais tarde, entrou para a Miami Dade College, onde estudou engenharia aeroespecial.

Hoje, aos 38 anos, ela é engenheira na Nasa. Pouco tempo após entrar na instituição, Diana foi convidada pelo especialista em robôs Brian Roberts a se juntar à sua equipe de pesquisa de robôs espaciais na Universidade de Maryland.

Em 2007, ela passou a fazer parte do Centro Espacial de Goddard. Sete anos depois, Trujillo foi escolhida como a líder da missão “Curiosity Rover” para a exploração de Marte.

Em entrevista o portal Good News Network, a engenheira contou que, para ela, o segredo para o sucesso está em “ser perseverante e aproveitar as oportunidades que aparecem”.

Via: PEGN

comments powered by Disqus