news,

Falha grave de segurança do comando sudo no Linux

Marcos Marcos Siga-me Oct 15, 2019 · 1 min read
Falha grave de segurança do comando sudo no Linux
Share this

Falha ocorreu no comando sudo do programa, que permite dar aos usuários privilégios de outro usuário para executar tarefas dentro do sistema, de maneira segura e controlável pelo administrador.

Aqueles acostumados com as linhas de comando do Linux ou com alguma plataforma Unix, como o macOS, devem estar familiarizados com o comando sudo, que permite executar tarefas com permissões diferentes daquelas que você teria em outro local. Apesar de importante, o comando foi comprometido com uma falha de segurança que permitia o acesso até o nível raiz, possibilitando que invasores executem ações no sudo em qualquer máquina.

A vulnerabilidade girou em torno do tratamento do ID dos usuários no sudo. Se digitassem um ID de -1, ou seu equivalente não assinado 4294967295, o comando trataria você como se tivesse acesso à raiz, mesmo registrando o real ID do usuário. Já que estas identidades não existem no banco de dados de senhas, não era exigido nenhum código para logar.

Os desenvolvedores da Linux identificaram e corrigiram o problema. Para os usuários, é recomendado atualizar uma nova versão do sudo (1.8.28 ou a mais nova) para evitar qualquer complicação. É importante lembrar que você não está imediatamente vulnerável, uma vez que qualquer invasor precisa ter controle de linha de comando sobre seu sistema antes que eles possam considerar explorar a falha. Provavelmente, até este ponto, você já estará protegido caso instale a última atualização.

sudo: https://www.sudo.ws/

Via: Engadget


Comentários